Roma promete ampliar combate à violência contra as mulheres

Concorrente ao governo tem na chapa as companhias de Leonídia Umbelina (vice) e Dra. Raíssa (candidata ao Senado)

Foto: assessoria João Roma

O postulante a governador da Bahia, João Roma (PL), afirmou que, se eleito, fará um combate intenso à violência contra a mulher na Bahia. Segundo dados da Rede de Observatórios da Segurança, a cada dois dias uma pessoa do sexo feminino é vítima de violência no estado.

“A prova de nosso respeito e compromisso na defesa das mulheres são as minhas duas parceiras nesta caminhada, as candidatas Dra. Raíssa (PL) ao Senado, e minha vice Leonídia Umbelina (PMB)”, destacou, durante a Convenção Estadual do PMB, em Feira de Santana, na manhã deste sábado (30). “As mulheres são maioria em nossa chapa, onde têm voz ativa e vão estar firmes comigo nesta luta!”.

À frente da chapa majoritária “A Bahia de Mãos Dadas com o Brasil), liderada pelo PL, Roma destacou que foi no governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) quando houve a sanção do maior número de leis em defesa das mulheres. “Seguiremos esse exemplo. E vamos vencer as eleições para acabar com esses vergonhosos índices, implantando uma rede eficiente de proteção e apoio às mulheres”.