Recomendaria que ele cuidasse da candidatura dele, diz Wagner para ACM Neto

“Eu prefiro ter uma empolgação perene que momentânea”, ressalta senador petista

O senador Jaques Wagner, pré-candidato ao governo da Bahia pelo PT, voltou a provocar seu principal adversário no pleito, o ex-prefeito de Salvador ACM Neto (DEM). Questionado sobre as últimas declarações do democrata, o petista foi direto: “Eu recomendaria ao ex-prefeito cuidar da candidatura dele, deixa que eu cuido da minha”, ressaltou em entrevista ao programa Cidade Aratu.

Wagner ainda respondeu às críticas do oponente, que afirmou que o ex-governador não estaria “empolgado” com a corrida ao Palácio de Ondina no ano que vem. O senador relembrou ainda a eleição de 2006, quando se elegeu no primeiro turno contra Paulo Souto, contrariando todas as pesquisas de intenções de votos.

“Eu não sei se ele tem um empolgômetro para saber se eu estou empolgado ou não. Eu prefiro ter uma empolgação perene que momentânea. Lembro que em 2018 ele dormiu candidato e acordou sem candidatura”, pontou.

Sobre uma possível desentendimento com o governador Rui Costa, seu afilhado político, Jaques Wagner disse que quem apostar na possibilidade vão “quebrar a cara”. “Eu tenho amizade com Rui Costa há 35 anos, costumo dizer que ele é meu irmão mais novo. Ele tem o estilo dele e eu o meu. ele governou muito bem a Bahia”, completou.

Programa Estado Solidário