GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Produção da indústria brasileira volta a subir em maio

Sondagem industrial, da CNI, aponta estoques próximos do desejável pelas empresas, superando escassez de insumo de 2020

A produção da indústria brasileira voltou a subir em maio, de acordo com a Sondagem Industrial, divulgada nesta quarta-feira (23) pela Confederação Nacional da Indústria. Em uma escala de 0 a 100 em que acima de 50 significa aumento, a produção industrial marcou 52,8 pontos. A evolução do número de empregados ficou em 51,1 pontos, 11º mês seguido de resultado positivo.

A Sondagem industrial do mês passado mostrou um índice de estoque efetivo em relação ao planejado de 49,2 pontos em maio – recuo de 0,4 ponto na comparação com abril, mas ainda próximo do planejado pelas empresas (50 pontos).

Para o gerente de Análise Econômica, Marcelo Azevedo, a situação dos estoques  – que na segunda metade de 2020 registrava escassez de matéria prima – aliada ao crescimento da produção cria expectativas positivas para os próximos meses.

“É diferente do que ocorreu no ano passado, quando houve um pessimismo generalizado em março e abril com o início da pandemia. Neste ano, mesmo em março, quando percebemos uma queda, os empresários nunca deixaram de ficar otimistas”, concluiu.

A Utilização da Capacidade Instalada (UCI) alcançou 70% em maio, com crescimento de dois pontos percentuais em relação a abril. A CNI explica que a utilização da capacidade instalada se encontra 15 pontos percentuais acima da registrada em maio de 2020, que foi o primeiro mês de recuperação após a crise da primeira onda de Covid-19.