Porteiro de escola estadual é preso sob suspeita de chefiar tráfico

João Lima, que trabalhava na Escola Estadual Horácio de Matos, em Mucugê.

Porteiro-de-escola-estadual-%C3%A9-preso-sob-suspeita-de-chefiar-tr%C3%A1fico Porteiro de escola estadual é preso sob suspeita de chefiar tráfico

ois dias depois de um vigia atear fogo em uma creche, em Minas Gerais, matando oito crianças e uma professora, o porteiro de uma escola estadual foi preso por tráfico de drogas na Bahia. João José Biondi Lima foi detido, no último sábado (7), em Mucugê, na Chapada Diamantina.

Investigado após denúncia anônima, Lima é apontado como chefe do tráfico na Rua do Beco e foi encaminhado para a Delegacia Territorial da cidade, conforme a Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe), responsável pela prisão. Com ele, a polícia encontrou pés de maconha e pelo menos meio quilo da droga prensada.

João Lima, que trabalhava na Escola Estadual Horácio de Matos, em Mucugê, foi preso em uma casa, que funcionava também como ponto de venda e onde estava também Gerfson França Silva.

“Felizes em conseguir mais um flagrante e pela confiança da população em denunciar. Por outro lado, estamos tristes em saber que este criminoso pode ter corrompido muitos jovens da escola. Temos a certeza de que a Polícia Civil vai aprofundar as investigações nesse sentido”, comentou o comandante da Cipe/Chapada, major Ricardo Passos, ao Correio da Bahia.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE