GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Indústrias aportarão R$ 3,7 bilhões em cinco cidades baianas

Protocolos firmados garante a criação de 3,9 mil empregos, segundo a SDE; destaque para a geração de energia eólica

Novos empreendimentos industriais serão implantados em cinco municípios baianos. Destaque para  a geração de energia eólica. A confirmação dos projetos, por assinatura de protocolos de intenção, foi assinada na quarta-feira (23) pelos investidores junto a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDE).

A Casa dos Ventos vai destinar R$ 3,7 bilhões em parques eólicos nas cidades de Antônio Gonçalves, São Gabriel, Mirangaba. Juntas, as centrais terão capacidade instalada de até 4.098 Gigawatt-hora (GWh) por ano.

Em Feira de Santana, a Ameko vai investir R$ 15 milhões em uma fábrica de computador, monitor, processador, teclado e mouse. Já a indústria de Colchões Ortosonho vai produzir cama, colchões e estofados.

“Queremos fazer a economia crescer, melhorar o padrão de vida das pessoas, desenvolver a Bahia e reduzir as desigualdades regionais”, destaca o secretário da SDE, Nelson Leal.

Em Cruz das Almas, a indústria Cruzalmense de Estofados e Colchões instalará uma unidade para fornecer colchões de espuma, madeira, de mola e colchão-box, além de estofados. Serão investidos até R$ 2 milhões.