Horário de verão começa neste domingo em 10 Estados e no DF

Moradores deverão adiantar o relógio em uma hora e manter a alteração até o terceiro domingo de fevereiro do ano que vem.

Horário de verão ocorre no Sul, Sudeste e Centro-Oeste Pixabay

Os moradores dos 10 Estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e do Distrito Federal devem adiantar os relógios em uma hora a partir da meia-noite deste domingo (4), quando começa o horário de verão.

A alteração valerá até o terceiro domingo de fevereiro de 2019 (16), quando os relógios voltam a ser atrasados e entram em linha com o restante do país.

De acordo com o Ministério de Minas e Energia, as regiões Norte e Nordeste não adotam o horário diferenciado por estarem localizadas mais próximas à linha do equador, onde existe uma diferença maior na luminosidade do dia entre o verão e o inverno.

Criada em 1931, a medida visa gerar economia de energia, com menor consumo no horário de pico da época, das 18h às 21h. Um estudo do Ministério de Minas e Energia, no entanto, apontou que a alteração não representa mais a mesma eficiência devido à mudança do período de maiores gastos.

Duração menor

Com 104 dias, o horário de verão 2018/2019 terá duração menor em relação ao ano passado, quando a alteração ocorreu 21 dias antes, no terceiro domingo do mês de outubro.

A alteração ocorreu devido a uma solicitação do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que argumentava contra um prejuízo da mudança no dia do segundo turno das Eleições 2018.

O MEC (Ministério da Educação) também solicitou por um novo adiamento do horário devido à aplicação da primeira prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), mas teve o pedido negado pelo governo.

Para o ano que vem, a equipe de governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), será responsável por decidir se o horário de verão continuará em vigor.

JIU JITSU FERNANDO MEIRA