Governo promove formação para combate ao racismo, sexismo e à intolerância religiosa

O combate ao racismo, ao sexismo e à intolerância religiosa foi tema central do Curso de Formação de Instrutor Interno Básico, realizado ao longo desta semana, pelo Governo do Estado, em Salvador. A iniciativa, voltada a integrantes de órgãos e secretarias estaduais, resultou de parceria entre Secretaria da Administração (Saeb), por meio da Universidade Corporativa do Serviço Público (UCS) e Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi). Com carga horária de 40 horas, as atividades foram encerradas nesta sexta-feira (22).

A intenção é ampliar as discussões e incluir as temáticas na grade de formação dos programas de carreiras dos servidores públicos estatuais, de forma permanente. “É necessário trabalhar um novo olhar sobre a questões que envolvem raça, gênero e os aspectos da liberdade religiosa no serviço público. A formação pode ajudar muito a contribuir uma nova cultura com equidade e igualdade nas relações”, destacou Maria Tereza Ramos, coordenadora de Educação Corporativa e Aprendizagem Organizacional da Saeb, que atuou como mediadora no curso.

Integrando a equipe da Sepromi nas atividades de formação, Walmir França lembrou que a medida cumpre recomendações do Estatuto da Igualdade Racial e de Combate à Intolerância Religiosa da Bahia. “Trata-se de uma ferramenta importante para instituirmos maneiras eficazes e produtivas de combater as desigualdades. Isso resultará em melhoria no atendimento ao público, entendendo sua diversidade. Precisamos estar na linha de frente no combate ao racismo”, pontuou.

O curso foi aberto na última segunda-feira (18), com a presença da chefe de Gabinete da Sepromi, Maiara Alves, que ressaltou a importância da atuação dos servidores e servidoras na multiplicação da política de igualdade racial no ambiente institucional, fortalecendo as ações transversais do Governo do Estado.

Também participaram das atividades servidores e servidoras da secretarias de Políticas para as Mulheres (SPM); Cultura (Secult); Desenvolvimento Rural (SDR); Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS); Saúde (Sesab); Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre); além da Ouvidoria Geral do Estado (OGE).

 

 

JIU JITSU FERNANDO MEIRA