PIRAÍ DO NORTE

Governo diz que testará outro remédio contra coronavírus: ‘93,4% eficaz em células’

Nome do medicamento não foi revelado

O governo federal vai testar um outro medicamento em pacientes infectados pelo novo coronavírus, o causador da Covid-19. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (15), quando também foi esclarecido pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, que o nome do remédio não vai ser divulgado.

“Fiz questão de não saber o nome para evitar uma correria em torno disso enquanto não temos certeza de que ele vai funcionar”, justificou, ao informar que, em laboratório, a eficácia da substância foi de 93,4%.

Ao todo, serão testados 500 pacientes em cinco hospitais militares no Rio de Janeiro, um em São Paulo e em Brasília. Todos os pacientes devem assinar um termo de consentimento e não saberão do que se trata o remédio.

De acordo com Pontes, o teste dura cinco dias e, em seguida, pacientes são observados por mais nove dias, ainda durante o internamento na unidade de saúde. A carga viral, sintomas, exames clínicos, de imagem, além de testes cardíacos e laboratoriais serão acompanhadas por especialistas.

Secretário de Políticas para Formação e Ações Estratégicas, Marcelo Morales explica que os testes serão realizados em pacientes que chegarem aos hospitais com pneumonia, febre e tosse.

“Nem o paciente vai saber o que está tomando, nem o médico vai saber o que está dando”, diz o secretário.

Tele Coronavírus 155 começa a funcionar para atender a população gratuitamente na Bahia