Fabricio Werdum cogita pedir ajuda para Mike Tyson caso decida lutar boxe

Com a recente migração de lendas de MMA para o boxe, como Anderson Silva e Vitor Belfort, Fabrício Werdum parece disposto a aproveitar o novo mercado. Apesar de ainda possuir contrato com o PFL, organização de MMA, o peso-pesado revelou dificuldades para retornar ao esporte e, por isso, adiantou que cogita um possível teste na nobre arte.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight (clique aqui), Werdum deu detalhes sobre a ideia de se aventurar nos ringues, mas não revelou nenhuma previsão de quando pode atuar. Embora aprove encarar youtubers ou outras celebridades, o ex-campeão dos pesados do UFC deixou claro que, quando subir no ringue, não haverá clima de exibição.

“Ainda não teve nenhuma negociação. Cogitaram alguns nomes como o (Gabriel) ‘Napão’, (Antônio) ‘Pezão’, até o comediante o ‘Nego Di’, que me desafiou. Eu até liguei para ele e falei: ‘Não dá, ‘Dos Nossos’, não tem como’. Não vai ser brincadeira. Se tem que fazer, tem que ser 100%. Não posso dar sopa ao azar, porque imagina se um comediante me acerta um? Sou lutador, faço isso a minha vida inteira e perder para um comediante ou youtuber não é legal. Se eu for lutar, vai ser para nocautear. Não vou aliviar o cara”, prometeu.

Curiosamente, Werdum pode ter uma ajuda de peso especial para sua possível estreia no boxe. O brasileiro é amigo de Mike Tyson, lenda da modalidade e ex-campeão mundial dos pesos-pesados e, por isso, admitiu que procuraria o americano para receber umas dicas antes atuar no esporte.

“Com certeza (vou falar com o Mike Tyson). Se eu for treinar e tiver uma luta marcada, iria lá para os Estados Unidos ficar um mês com o mestre (Rafael Cordeiro) e pegar umas dicas com o Mike Tyson. Ele já me deu umas dicas, já cheguei a fazer um filme com ele, tenho uma abertura com ele. Então se eu falasse com ele, pedindo uma dica, uma ajuda no treino, com certeza ele me ajudaria. (…) Vendo os treinamentos dele você não acredita. A velocidade, o jeito que ele pensa. É tudo diferente. Quero fazer sparring com ele? Não, muito obrigado (risos). Prefiro só ficar na teórica com ele”, revelou o gaúcho.

Fabrício Werdum soma 24 vitórias, nove derrotas, um empate e um ‘no contest’ no MMA profissional. O peso-pesado tem como grande destaque na carreira a conquista do título da categoria no UFC, em 2015, além de vitórias sobre grandes nomes da modalidade, como Fedor Emelianenko, Cain Velasquez, Rodrigo ‘Minotauro’, entre outros.

Fonte: Ag. Fight