EUA querem adiar 5G com receio de interferência em aviões

Autoridades dos Estados Unidos pretendem avaliar se tecnologia afetam equipamentos de voo

As autoridades dos Estados Unidos pediram às operadoras s AT&T e Verizon que adiem em até duas semanas o lançamento de suas redes 5G. Os fabricantes de avião europeu Airbus e americano Boeing revelaram “preocupação” com a possível interferência da 5G em radioaltímetros, dispositivos que os aviões usam para medir a altitude.

A implantação da tecnologia de banda larga móvel de alta velocidade foi inicialmente programada para 5 de dezembro. Um primeiro adiamento transferiu este início para 5 de janeiro

O secretário de Transportes dos Estados Unidos, Pete Buttigieg, e o chefe da Administração Federal de Aviação, Steve Dickson, fizeram sua solicitação em uma carta enviada na sexta-feira.

Quando Verizon e AT&T escreveram às autoridades federais em novembro para confirmar sua intenção de começar a implementar a 5G em janeiro, disseram que tomariam precauções adicionais para além das exigidas pela lei americana até julho de 2022. 

Fonte: Exame