CAMPANHA COMBATE AO MOSQUITO EDES AEGYPTI

Com um a mais, Bahia perde para o Cruzeiro no Mineirão

Tricolor permanece na quarta colocação com 34 pontos

Esquadrão não fez boa partida e começa a ver vantagem no G-4 diminuir – Foto: Cruzeiro/Divulgação

Jogando um futebol abaixo do esperado, o Bahia voltou a decepcionar o seu torcedor e perdeu para o Cruzeiro por 1 a 0, em partida que o time baiano esteve com um atleta a mais que os mineiros em boa parte do segundo tempo.

Com o resultado, o Bahia pode ver a vantagem de seis pontos para o quinto colocado cair para três, caso o Tombense consiga vencer o seu jogo.

O jogo

Em um primeiro tempo de pouca qualidade ofensiva das duas equipes, Bahia e Cruzeiro tiveram pouca inspiração deixando o 0 a 0 como marca da falta de eficiência nas conclusões do Esquadrão e da Raposa.

O Tricolor teve duas oportunidades com Raí, uma com o pé direito, e outra com a cabeça, mas parou em intervenções do goleiro Rafael Cabral.

Já o Cruzeiro teve a sua grande chance com Edu. O atacante recebeu o passe em profundidade e Danilo Fernandes fez uma excelente defesa. Outra chance foi com o volante Neto Moura de fora da área e a bola foi na rede pelo lado de fora.

No segundo tempo, o Cruzeiro foi para cima tentando abrir o marcador e teve uma grande oportunidade com a conclusão de Filipe Machado, de fora da área, que obrigou Danilo Fernandes a fazer uma excelente defesa.

O Cruzeiro chegou a ficar em desvantagem no campo. O zagueiro Eduardo Brock fez uma falta em Copete, que fez sua estreia pelo Bahia, e recebeu o cartão vermelho direto.

Mesmo com o jogador a menos em campo, a Raposa não se abalou e menos de dois minutos depois, fez o gol do triunfo com Stênio, aproveitando o rebote de Danilo Fernandes.

Com o gol sofrido o técnico Enderson Moreira tirou os laterais André e Matheus Bahia e colocou os atacantes Igor Torres e Copete como ala e buscou apostar na quantidade de atacantes. A única chance foi depois de Luiz Otávio ajeitar de peito e Rodallega bater forte e acertar o travessão. Na sequência, Luiz Otávio subiu mais do que os defensores do Cruzeiro e obrigou o Rafael a fazer mais uma excelente intervenção e garantir os três pontos do time mineiro.

Na próxima rodada o Bahia encara o Náutico na Fonte Nova, dia 29, às 19h. Já o Cruzeiro enfrenta o Brusque um dia depois, às 11h, em Santa Catarina.

FICHA TÉCNICA:

Cruzeiro 1 x 0 Bahia – 20ª rodada do Brasileirão da Série B

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG), às 16h

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)

Assistentes: Daniel Luis Marques e Evandro de Melo Lima (ambos de SP)

VAR: Rafael Traci (SC)

Cruzeiro – Rafael Cabral; Geovane Jesus, Zé Ivaldo, Eduardo Brock e Mateus Bidu; Filipe Machado, Pablo Siles, Neto Moura (Pedro Castro); Bruno Rodrigues (Breno), Luvannor (Stênio) e Edu (Léo). Técnico: Martin Varini

Bahia – Danilo Fernandes; Gabriel Xavier, Didi e Luiz Otávio; André (Igor Torres), Rezende, Lucas Mugni (Huto Rodallega), Daniel e Matheus Bahia (Victor Jacaré); Raí (Copete) e Matheus Davó (Gregory). Técnico: Enderson Moreira