GOVERNO DA BAHIA - TERRA MÃE DO BRASIL

Com 31% de aproveitamento, Ramon Menezes deixa comando do Vitória

Técnico deixa o clube com 16 partidas, sendo três vitórias, seis empates e sete derrotas. Ramon foi comunicado pelo Vitória da demissão na noite de quarta-feira

Treinador conquistou três vitórias em 16 partidas — Foto: Pietro Carpi / EC Vitória / Divulgação

O técnico Ramon Menezes não resistiu após mais um resultado ruim e foi demitido do comando do Vitória. Dois dias após a eliminação na Copa do Brasil, com a derrota por 1 a 0 para o Grêmio, o treinador foi desligado do clube na manhã desta quinta-feira. Ele deixa o Rubro-Negro na 15ª colocação da Série B do Campeonato Brasileiro. A informação foi divulgada pelo Galáticos Online e confirmada pelo ge.

O treinador foi comunicado na noite desta quarta-feira da decisão da diretoria de demiti-lo. Nesta manhã, Ramon Menezes foi à Toca do Leão para se despedir do elenco e dos outros funcionários do Vitória. A direção do clube marcou uma reunião pela tarde para acertar os detalhes da demissão.

Ramon chegou ao Vitória em junho deste ano substituindo Rodrigo Chagas. Logo no primeiro jogo, conseguiu classificação histórica sobre o Internacional, no Beira-Rio, na Copa do Brasil. Contudo, depois desse jogo, venceu só mais duas partidas e não conseguiu fazer a equipe deixar as últimas posições na Série B.

Ao todo, Ramon comandou o Vitória em 16 jogos, com três vitórias, seis empates e sete derrotas, o que significa aproveitamento de 31%.

Fonte: G1/BA

Programa Estado Solidário