UFC

Chamada de “satanista”, Fabíola Mansur diz que Isidório promove intolerância religiosa

Chamada de “satanista” pelo deputado Sargento Isidório por defender a retirada da imagem da Bíblia da Assembleia Legislativa da Bahia (Al-BA), a deputada Fabíola Mansur (PSB) disse, em entrevista, que pelos discursos que o parlamentar costuma fazer, ele “não tem credibilidade”. 

Mansur defendeu que a Bíblia deve ser retirada da Al-BA. “O Estado é laico, como diz a constituição. E nossa Bíblia é a Constituição. O Estado laico não é uma anti-religião, é justamente a garantia de que nenhuma religião pode se sobrepor à outra”, disse. Segundo a deputada, Isidório “presta um desserviço”.

Chamada de “satanista”, ela afirma que é “católica”, possui a Bíblia em casa, mas reitera: “É um desserviço”. “Ele faz discursos preconceituosos, que geram intolerância religiosa, preconceito”. “O plenário da Casa não é igreja, a nossa Bíblia é a Constituição”, falou.

 

 

Veja também