CAMPANHA COMBATE AO MOSQUITO EDES AEGYPTI

Caixa já registra 60 denúncias de assédio desde a demissão de ex-presidente

Uma equipe formada por 20 mulheres passou a se revezar para registrar comportamentos suspeitos

Desde a saída de Pedro Guimarães, após de núncias de assédio sexual, no último dia 30 de junho, um total de 60 denúncias de comportamentos inapropriados foram registrados na unidade de Brasília da Caixa Econômica Federal, segundo informações do O Globo.

Segundo a publicação, uma equipe formada por 20 mulheres passou a se revezar para registrar comportamentos. O grupo está analisando mensagens em chats, WhatsApp e e-mails. Ainda de acordo com a publicação, a nova presidente, Daniella Marques, tem acompanhado de perto todas as investigações.

O Conselho de Administração do banco decidiu contratar uma empresa independente para apurar os casos. Nos próximos dias, um escritório de advocacia e uma consultoria devem ser anunciados para ajudar nas investigações.

Ao Globo, um técnico da Caixa revelou que a expectativa é que as primeiras conclusões sejam divulgadas em seis meses, dependendo da resolução do caso. A principal dificuldade é coletar provas que configurem assédio.