Boxeador morre dois dias após ficar desnorteado no ringue e lutar contra ‘fantasma’

© Simiso Buthelezi golpeou o vento em direção ao canto do ringue e precisou ser contido pelo árbitro (Foto: Reprodução/Twitter)

O boxeador sul-africano Simiso Buthelezi, que ficou desnorteado em uma luta de boxe e começou a dar golpes no ar, morreu na noite desta terça-feira, dois dias após a luta. Segundo o jornal “Boxing South Africa”, o atleta foi colocado sob coma induzido, mas não resistiu a um sangramento no cérebro.

O vídeo chocou a internet pela forma com que o boxeador ficou desorientado na parte final da luta, enquanto sua vitória por pontos parecia certa. Buthelezi disputava o título dos leves da WBF All Africa. Ele tinha 24 anos e tinha acabado de se formar em botânica e zoologia na universidade.

– É com grande tristeza para a família Buthelezi anunciar a morte de Simiso Buthelezi, que faleceu na noite passada em 7 de junho no hospital em Durban. No final de sua luta, Buthelezi desmaiou e foi levado ao hospital e descobriu-se que ele sofreu uma lesão cerebral que resultou em hemorragia interna. No hospital, Buthelezi recebeu o melhor atendimento possível, mas sucumbiu à lesão – disse o jornal Boxing South Africa, que divulgou a nota oficial da morte do atleta.

O treinador do atleta, Bheki Mngomezulu, concedeu entrevista para a mídia local e disse que Buthelezi estava em perfeita saúde antes da luta.

– Não houve nada de inconveniente na luta e no treinamento. Ele estava liderando a luta por pontos antes do incidente infeliz ocorrer. Eu realmente não posso explicar o que aconteceu, para ser honesto. Foi desconcertante, mas em seu treinamento e na preparação para a luta, não havia nada de ruim em relação à sua condição. Ele estava bem antes da luta – disse o treinador.