CAMPANHA COMBATE AO MOSQUITO EDES AEGYPTI

BNB alcança R$ 24,1 bilhões em operações do FNE e aplica valor projetado para 2021

Mais de R$ 18,4 bilhões contratados foram para investimento. 86,6% dos recursos foram destinados aos espaços considerados prioritários pela Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR).

Salvador (BA), 21 de dezembro de 2021 – As contratações do Banco do Nordeste com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), realizadas de 1º de janeiro a 20 de dezembro, somaram R$ 24,1 bilhões e atingiram o orçamento projetado pelo BNB e aprovado pelo Conselho Deliberativo da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) para o ano de 2021. Os recursos atendem a diversos setores da economia na Região, como agricultura, pecuária, comércio e serviços.

Para o presidente do Banco do Nordeste, Anderson Possa, a superação da meta demonstra o empenho do BNB em ajudar na recuperação da economia regional, que foi bastante afetada pela pandemia de Covid-19. Em sua avaliação, as operações do Banco sinalizam que os empresários estão confiantes na retomada da economia. “O destino primordial das contratações do FNE são os investimentos. Nesse ano, foram R$ 18,4 bilhões para essa finalidade, ou 76% do total. Isso mostra que o empresário está com expectativa de aumento de suas operações, vendas e serviços. É um dinheiro que impulsiona o setor produtivo de fato”, afirma Anderson Possa. As outras destinações mais indicadas no momento da contratação foram custeio (R$ 3,1 bilhões) e capital de giro (R$ 2,5 bilhões).

Setores que mais receberam recursos
 

Os grandes projetos estruturantes, que servem de base para outros negócios, responderam por parte das operações do Banco do Nordeste com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). Foram cerca de R$ 7,5 bilhões voltados para Infraestrutura. Já o setor da pecuária respondeu por R$ 4,9 bilhões em operações. Os demais responderam por R$ 3,9 bilhões (agrícola), R$ 4,9 bilhões (comércio e serviços), R$ 1,8 bilhão (industrial) e R$ 303,5 milhões (agroindústria).
 

Na Bahia, os financiamentos com recursos do FNE totalizaram R$ 7 bilhões, com destaque para o setor da agricultura, que recebeu R$ 1,5 bilhão. Na sequência, aparecem os de comércio e serviços (R$ 1 bilhão) e de pecuária (R$ 992,8 milhões).

 FNE terá R$ 26,6 bilhões para 2022
 

O orçamento do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) para 2022 será de R$ 26,6 bilhões. O valor foi aprovado, no início de dezembro, durante reunião do Conselho Deliberativo (Condel) da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

Os recursos do FNE são administrados exclusivamente pelo Banco do Nordeste, para fomentar a economia de todos os segmentos dos nove estados nordestinos e do norte de Minas Gerais e do Espírito Santo, beneficiando um total de 2.074 municípios.