Bisping indica que Rockhold se precipitou ao desafiar ‘Borrachinha’: “É muito poderoso”

Louis Grasse/PxImages

Sem lutar desde 2019, Luke Rockhold garante que está recuperado dos danos acumulados em sua carreira e motivado para voltar a competir em alto nível no MMA. Tanto que, recentemente, o ex-campeão do peso-médio (84 kg) do UFC desafiou Paulo Costa para um combate e o atacou com tudo que tem direito. Contudo, de acordo com Michael Bisping, o veterano escolheu o atleta errado como adversário.

Em seu canal oficial no ‘YouTube’, o ex-lutador e atual comentarista reconhece que a possível luta entre ‘Borrachinha’ e Rockhold, apesar da má fase de ambos no MMA, é importante para o peso-médio do UFC. Como os atletas são populares e têm história na categoria, a tendência é que o vencedor do hipotético duelo se aproxime de disputar o título da divisão novamente.

Ao mesmo tempo, o possível confronto é arriscado para os atletas. O brasileiro perdeu duas lutas seguidas e o americano sofreu três nocautes nos últimos quatro duelos que disputou. Sendo assim, Bisping indicou que, como Rockhold apresentou um queixo questionável nos combates anteriores, se colocou em risco ao provocar ‘Borrachinha’, que se destacou no UFC, justamente, por conta de sua agressividade, seu poder e porte físico.

“Rockhold vai para essa luta muito motivado, mas Paulo bate forte. É uma luta dura para os dois homens, mas Rockhold vai enfrentar um dos strikers mais poderosos. Paulo é um cara que bate muito pesado. Ele tem muito poder nas mãos. Para Rockhold voltar a lutar contra um dos lutadores mais poderosos, um dos um dos strikers que bate mais pesado que a divisão dos médios tem, isso sempre será um pouco arriscado”, analisou o ex-campeão do UFC.

Luke Rockhold, de 37 anos, iniciou sua trajetória no MMA em 2007, disputou 21 lutas, venceu 16, sendo 14 pela via rápida, e perdeu cinco vezes, sendo todas por nocaute. Em sua carreira, o americano foi campeão do peso-médio do Strikeforce e também do UFC. Seus triunfos de maior importância foram sobre Chris Weidman, Keith Jardine, Lyoto Machida, Michael Bisping, Ronaldo ‘Jacaré’, Tim Boetsch e Tim Kennedy.