CARNAVAL 2024

Bahia quebra tabu, vence Goiás fora de casa e deixa o Z-4

Everaldo desencanta com três gols em jogo com grande atuação de Cauly

Everaldo foi decisivo no triunfo do Bahia contra o Goiás, no jogo com maior número de gols do Brasileiro – Foto: Divulgação | Felipe Oliveira

Num jogo com 10 gols, o maior número deste Campeonato Brasileiro, o Bahia venceu o Goiás pela primeira vez no mando adversário, com três gols de Everaldo, atuação de gala de Cauly e, de quebra, deixou a zona de rebaixamento.

Com o resultado, o tricolor ultrapassou o Goiás, Vasco e Santos, sendo que os dois últimos ainda jogariam na rodada. O Bahia chegou a 28 pontos e só volta a jogar agora dia 18, contra o Internacional, na Arena Fonte Nova.

O Goiás começou marcando forte e trocando passes no campo do Bahia. Não demorou a criar a primeira oportunidade de gol aos 10 minutos. William Oliveira chutou e Marcos Felipe fez a defesa à queima-roupa. Na sobra, a bola encontrou Hugo na esquerda, que chutou por cima do travessão.

Apesar do controle exercido pelo time da casa, o Bahia surpreendeu aos 14 minutos. Após lançamento de Gilberto, Cauly foi no fundo e cruzou. A bola passou por Ademir e Everaldo escorou no segundo pau, abrindo o placar.

Três minutos depois, o Bahia ampliou. Após um choque de cabeça entre Ademir e Hugo, o árbitro Raphael Claus marcou falta e Gilberto surpreendeu batendo direto para o gol antes do meio-campo e encobrindo o goleiro Tadeu. Jogadores do Goiás protestaram mas a arbitragem validou o gol.

O Goiás reagiu e, após lançamento de Palácios, João Magno cruzou e Guilherme diminuiu. O Bahia voltou a marcar depois de mais uma assistência de Cauly que Everaldo finalizou de primeira no canto esquerdo de Tadeu. Cauly ainda fez um golaço por cobertura. Seria o quarto, mas o Var confirmou a posição de impedimento.

O time da casa não se abateu e buscou o empate ainda na primeira etapa. Rezende foi surpreendido pela antecipação de Bruno Melo e cometeu pênalti. Guilherme cobrou e deslocou Marcos Felipe. Mateus Babi, que entrou ainda no 1º tempo, fez o terceiro nos acréscimos, de cabeça, após cruzamento de Anderson Oliveira da direita, decretando o 3×3.

Bahia e Goiás voltaram com mudanças. Ratão no tricolor e Oyama e Alesson no esmeraldino. Logo aos 4 minutos, Hugo avança pela esquerda, vai no fundo, Marcos Felipe sai para fechar o ângulo e deixa o gol vazio. O lateral cruza para gol da virada de João Magno. Goiás 4×3.

Três minutos depois, Cauly faz bela jogada individual, cruza pra trás, Ratão bate em cima do goleiro e a bola sobra para Everaldo marcar pela terceira vez. Novo empate e, aos 10 minutos, foi a fez de Everaldo arrancar e servir a Ratão, para recolocar o Bahia na frente.

O Goiás partiu em busca de nova reação e por pouco não conseguiu com Alesson que acertou a cabeçada mas Gilberto salvou quase na linha do gol. Rogério Ceni colou Raul Gustavo para segurar o jogo e fortalecer o jogo aéreo. Aos 49, o tricolor encaixou o contra-ataque com Ratão, que colocou Thaciano para correr e servir Biel dentro da área, para dominar e fuzilar Tadeu, determinando o triunfo por 6×4.

FICHA TÉCNICA

Goiás 4×6 Bahia, 26ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A

Local: Estádio da Serrinha, Goiânia-GO

Data: Sábado, 07/10/2023

Horário: 16h

Público pagante: 6.720

Renda: R$ 213.610,00

Árbitro: Raphael Clauss (SP/FIFA)

Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP/FIFA) e Gustavo Rodrigues Oliveira (SP)

Quarto árbitro: Jean Carlos da Silva Narciso (GO)

VAR: Daiane Muniz dos Santos (SP/FIFA)

Cartões amarelos: Bruno Santos e Lucas Halter (Goiás) Rezende, Biel (Bahia)

Gols: Guilherme Marques (2), João Magno e Matheus Babi (Goiás). Everaldo (3), Gilberto e Biel (Bahia)

Goiás: Tadeu, Bruno Santos, Lucas Halter (Sidimar), Bruno Melo, Hugo (Sander); William Oliveira (Matheus Babi), Raphael Guzzo (Oyama), Guilherme Marques, Julian Palácios; Anderson Oliveira (Alesson) e João Magno.

Técnico: Armando Evangelista

Bahia: Marcos Felipe; Gilberto, Gabriel Xavier, Victor Hugo e Camilo Cándido (Matheus Bahia); Rezende, Yago Felipe (Acevedo), Thaciano e Cauly (Raul Gustavo); Ademir (Rafael Ratão), e Everaldo (Biel).

Técnico: Rogério Ceni.

CARNAVAL 2024

Veja também

NOVA BAHIA