Alice se diz supresa com pesquisa para Senado e estranha Lídice fora do estudo

Alice Portugal é a segunda política mais bem avaliada da Bahia

Se as eleições de 2018 fossem hoje, a deputada federal Alice Portugal (PCdoB) seria eleita para a segunda vaga que a Bahia terá no Senado. A primeira vaga, conforme pesquisa do Instituto Paraná divulgada nesta sexta-feira (9) pela Record TV Itapoan ficaria com o ex-governador e atual secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia, Jaques Wagner (PT).

Em conversa com o BNews, a deputada disse que recebeu os dados com surpresa, no entanto, estranhou o fato de o nome da senadora Lídice da Mata (PSB) estar fora dos cenários estimulados feitos pelo instituto. A senadora socialista encerra seu mandato agora em 2018 e está na disputa por uma das vagas para o Senado na chapa majoritária que deve ser encabeçada pelo governador Rui Costa (PT). Entretanto, seu nome já foi especulado para concorrer à Câmara dos Deputados.

“Eu fiquei surpresa. É claro que  ter nome medido em pesquisa é muito interessante, mas estamos muito distantes ainda. Não há nada prático e concreto nessa direção”, despistou Alice Portugal, que emendou: “meu plano é continuar deputada federal, no entanto, a política é uma coisa dinâmica, uma hora tá aqui, outra ali”.

Segundo a deputada federal, sua torcida é para que o nome de Jaques Wagner seja concretizado como candidato ao Senado. “A única coisa em relação ao Senado que podemos dizer que há de mais certo é o de Wagner. Fiquei surpresa de não aparecer o nome de Lídice”, frisou.

A congressista também aproveitou para comentar a pesquisa feita pelo mesmo instituto que aferiu as intenções de voto para o Palácio de Ondina. O estudo mostrou o prefeito ACM Neto (DEM) liderando a corrida contra o governador Rui Costa (PT). “O resultado da pesquisa para o governo está um tanto fora da realidade. Tenho viajado o interior com Rui, o desenho que se tem não é esse”, afirmou.

 

Por Aparecido Silva | Fotos: Gilberto Júnior//BNews

 

 

Programa Estado Solidário