Ainda com Covid-19, Walker tem luta agendada pelo UFC para fevereiro

Nas redes sociais, nesta semana, Johnny Walker revelou que testou pela segunda vez para Covid-19 e está com sintomas leves da doença

Apesar de estar se recuperando de uma reinfecção do novo coronavírus, Johnny Walker (18-6-0) tem compromisso marcado para o dia 19 de fevereiro pelo UFC. De acordo com informações do MMA Fighting, o peso-meio-pesado brasileiro vai encarar Jamahal Hill (9-1-0), em Las Vegas.

Nas redes sociais, durante o domingo (2), Johnny Walker revelou que testou pela segunda vez para Covid-19. Os casos pelo mundo têm aumentado por conta da nova variante Ômicron. Morando na Irlanda, o lutador disse que se vacinou há dois meses contra a doença.

– Covid 2, Johnny 0. Segunda vez testando positivo, tomei a vacina Johnson 2 meses atrás, mesmo assim fui infectado, senti os mesmos sintomas da última vez, que são apenas o de uma gripe. (…) Não esqueça sua máscara. Meu ano novo foi em quarentena – publicou o lutador.

Em décimo até 93kg, Walker não vive a melhor fase dentro da companhia. Nas últimas quatro lutas, perdeu três e registrou apenas uma vitória. Segundo a publicação do MMA Figthing, o brasileiro também renovou o contrato por mais seis lutas. Já Hill, 12º no ranking, apresenta duas vitórias, uma derrota e um “No Contest” nas últimas atuações. O UFC ainda não se manifestou.