ACM Neto nega qualquer “tipo de orientação” para União Brasil se aproximar de Bolsonaro

Foto: Mário Bittencourt

O secretário-geral do União Brasil e pré-candidato ao governo da Bahia, ACM Neto, descartou qualquer possibilidade de o partido se aproximar do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Porém, o ex-prefeito de Salvador disse não está surpreso com a aproximação do partido com o presidente em alguns estados, já que cada diretório tem liberdade para adotar a estratégia que lhe seja mais adequada.

“O que eu posso assegurar que não existe nenhum tipo de orientação partidária nacional de aproximação nem de distanciamento com ninguém. (…) Essa não é uma tendência ou uma articulação nacional. O que existe é liberdade total para cada estado seguir o seu caminho”, disse ACM Neto, em entrevista à Folha de São Paulo.

Bolsonaro vem buscando se aproximar de pré-candidatos a governador de PSDB e União Brasil em seis estados para servir de palanque e fortalecer sua candidatura à reeleição. O presidente já conta com apoio público em quatro deles: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Amazonas e Rondônia. Ainda existem negociações no Ceará e na Paraíba.