Abstenção deverá ser maior no segundo turno, aponta TRE

Presidente do órgão acredita que eleitores que se deslocaram para votar em deputados e senadores não deverão comparecer às urnas a fim de votar nos candidatos à Presidência.

Uma alta onda de abstenção dos eleitores deve ocorrer no segundo turno das eleições que acontece nesse domingo (28), conforme analisa o Tribunal Reginal Eleitoral da Bahia (TRE-BA).

O presidente do órgão, José Rotandano, explica os motivos: “Aquele eleitor, que fez um esforço de deslocamento para votar nos candidatos para deputado estadual e federal, agora, sem este compromisso, não deverá comparecer às urnas. Mas eu faço um pedido a todos que compareçam às urnas e reforce o compromisso cidadão com a democracia do País”.

A declaração ocorreu nessa quinta-feira (25), durante encontro com a imprensa baiana, na sede do TRE, quando a segurança do pleito foi detalhada.

“Temos as eleições mais seguras do mundo, mas que estão sendo atacadas por fake news. Este encontro é para mostrar a lisura do processo, para que todos acreditem, apesar dos que querem desestabilizá-lo”, disse Rotandano

JIU JITSU FERNANDO MEIRA