Últimas Notícias

7 Dicas para um advogado recém formado conquistar clientes! Por Camille Farias

É certo que no mercado jurídico, captar clientes na advocacia é mais simples para quem tem maior renome ou tempo de atuação, pois tais características, aos olhos do cliente, mostram experiência e maior chance de sucesso.

Além disso existe uma realidade que comporta uma rede de indicações (networking), que na maioria casos é muito útil para advogados que já tem reconhecimento no mercado. E esse no momento não é o caso.

Este texto foi escrito pensando no advogado recém formado, que não tem experiência na captação de clientes na advocacia.

Afinal com a inexperiência na atuação jurídica, é possível compensar com capacidade de trabalhar bem a imagem do serviço, sendo uma excelente estratégia para abrir portas.

Com a grande expansão da internet e das redes sociais, os advogados da nova geração tem uma maior aceitação por recursos tecnológicos e a facilidade de lidar tais funcionalidades.

Considerando que muitas das nossas dicas tratam de ferramentas utilizadas pela internet, é possível dizer que nossos advogados saem na frente dos outros em relação aos demais.

Outra importante colocação é que o código de ética da OAB tem restrições quanto ao uso do marketing jurídico para divulgação de serviços, mas não exclui a possibilidade de ser utilizado.

E sim, é possível conciliar as dicas abaixo com a exigências do estatuto.

Vamos começar com uma série de tópicos que podem facilitar a forma com que você, recém formado, possa conseguir clientes na advocacia.

Então fique ligado nas dicas e não deixe de utilizar nenhuma delas.

 1 – Faça uma análise de concorrentes e uma pesquisa de mercado.

Pesquise seus “concorrentes”, de preferências os escritórios renomados, faça uma análise verificando porque os clientes deveriam ir até você ao invés deles.

Faça uma bela pesquisa sobre seus concorrentes e descubra pontos fortes e fracos que possam auxiliar você nessa nova jornada.

Incorpore os principais hábitos dos advogados, anote tudo que achar relevante em um bloco de notas, documento do word, ou até mesmo em um papel.

Para que você consiga ter acesso de forma rápida sempre que precisar para esclarecer alguma dúvida.

Não limite-se apenas a área de atuação ou cidade que você tem como base, procure concorrentes em âmbito nacional.

Não necessariamente em forma de competição, mas para analisar o que estão fazendo, como lidam com seus negócios e porque são referência na área de atuação.

Você irá perceber que essa dica irá ajudar a alinhar os pensamentos e dará um norte para sua jornada no marketing jurídico, é simples, é fácil.

E o melhor de tudo, é de graça.

2 – Seja diferente, ousado, arrisque!

Seja ousado, saia da zona de conforto e arrisque-se.

Feito a análise de seus “concorrentes” é hora de estudar e ver onde estão os acertos e os erros, o que funciona o que não funciona.

O importante é não copiá los, mas sim entender como eles atraem cliente na advocacia.

Procure algo que eles não oferecem e que você possa fornecer com excelência, dessa forma fica mais fácil destacar-se na área da advocacia.

Como um advogado recém formado você pode inovar e utilizar ferramentas menos usuais, como por exemplo: blogs oficiais, sites, redes sociais, mailing list, entre outras ferramentas.

Não deixe de utilizar todos os recursos que a classe já usa.

Para atrair clientes na advocacia é preciso compreender que ser diferente e inovador não é ser estranho ou não seguir as regras, mas sim, analisar de outro angulo as possibilidades em fechar mais contratos.

3 – Crie um site profissional e responsivo.

Se fazer presente nos resultados do GOOGLE é fundamental.

Hoje em dia ter um site é fundamental para captar cliente na advocacia.

Isso porque as pessoas têm o hábito de procurar no GOOGLE ou outros motores de busca por algo que desejam encontrar.

Em um site você disponibiliza seus contatos, informações e conteúdos relevantes. É possível escrever artigos sobre casos do escritório, sanar dúvidas e até citar exemplos de causas ganhas.

Assim você consegue destacar-se, atraindo clientes que utilizam as plataformas de busca na internet.

Outro ponto importante também, é a possibilidade de abrir uma linha direta entre o cliente e você, de forma que possa levar conteúdo emergentes para dentro de seus posts, facilitando a captação de clientes na advocacia.

Um exemplo de assunto emergente para postagem em na data deste artigo é sobre os direitos que as vítimas de Brumadinho-MG tem em relação ao desastre ocorrido.

Além disso, a produção de conteúdo deve ser constante para que o interessado no texto anterior queira acessar novamente seu site e conferir as novidades, até que se torne uma referência de conteúdo informativo para ele.

Isso faz com que você esteja sempre na cabeça do possível cliente e muito provável a quem irá recorrer caso precise, ou até mesmo fazer um indicação.

Assim seu escritório consegue trabalhar de forma mais específica e focar realmente em captar clientes na advocacia.

Como diz aquele velho ditado: “Quem não é visto…?”

Por isso tenha uma página na internet e preferência com técnicas de SEO (Search Engine Optimization) aplicadas.

Isso serve para facilitar o posicionamento de seu escritório de advocacia digital pelos motores de busca, possibilitando te colocar à frente de “concorrentes”.

4 – Tenha um perfil profissional nas redes sociais.

Além do site, se fazer presente nas redes sociais é outra forma de captar clientes na advocacia.

As redes sociais tem o intuito de aproximar você do cliente, mas também serve para não deixar cair no esquecimento (com as atualizações frequentes) seu escritório de advocacia digital.

Invista em conteúdos de qualidade e impulsione publicações para o público certo, como no site.

Você pode replicar as informações de forma diferenciada para as redes sociais, poupando tempo e lembrado clientes que você existe.

Assim fica mais fácil de captar cliente na advocacia, não é mesmo?

5 – Preze a excelência no atendimento ao cliente.

Nos dias de hoje poucas pessoas pegam o telefone e saem ligando para Advogados tentando sanar suas dúvidas.

Como mencionado acima, os motores de busca como GOOGLE são essenciais no dia a dia de cada pessoa, devido as rápidas respostas que trazem.

Dessa forma os clientes acabam utilizando o site ou as redes sociais como um contato direto com você.

Por isso é muito importante ter um canal aberto em ambas plataformas, pode ser o diferencial que seu cliente procura para fechar mais um contrato com você.

6 – Sempre distribua cartões de visita.

Parece ultrapassado né? Mas sempre que sair, tenha em mãos ao menos 5 cartões de visita, pois na oportunidade certa é possível falar sobre seu negócio e entregar um cartão.

Outra dica importante é de sempre entregar 2 cartões, assim há a possibilidade que o cliente entregue o outro cartão a algum amigo ou conhecido, auxiliando você a captar mais cliente na advocacia.

Como mencionado acima temos que utilizar todas as formas de captar clientes na advocacia, inclusive as mais tradicionais.

Mesmo assim, se ainda acha ultrapassado, existem recursos modernos que possiblitam a criação de um cartão digital, moderno e inovador.

Nesse cartão digital existem links específicos e um QR CODE próprio, facilitando o contato com simples toques na tela do smartphone.

Os links e o QRCODE podem levar seu clientes diretamente para aplicativos como whatsapp, redes sociais, site, maps, entre outros.

7 – Tenha um escritório receptivo aos olhos do cliente.

De nada adianta você ser referência na internet, gerar conteúdo de qualidade, transmitir confiança e quando alguém for até seu escritório não notar isso de cara.

Não estou dizendo que você precisa gastar horrores para montar um escritório super chique, principalmente porque você é um advogado recém formado.

Mas é importante investir em uma boa decoração, que transmita confiança e profissionalismo, além de um atendimento humanizado a organização de processos ajudam a captar mais clientes na advocacia, é claro.

Todas essas dicas são importantes, de fácil aplicação e com custos relativamente baixos, muitas delas você mesmo como conhecedor do assunto pode produzir.

Também percebeu o quanto é importante a constante busca de informações relevantes para seus clientes?

Mesmo que a longo prazo é necessário se fazer presente em diversas plataformas e assuntos abrangentes a área, principalmente relacionados a internet.

Espero que tenha ajudado.
______________________________________

Camille Farias
Advogada, formada pela Universidade do Sul de Santa Catarina. Especialista em Marketing Jurídico para Advogados Idealizadora do projeto Advogado da Mídia (www.advogadonamidia.com.br) Pós Graduada em Direito e Processo do Trabalho e Direito Previdênciário. Técnica em Administração Correspondente Jurídica

Fonte: camillefarias.jusbrasil.com.br




Outubro Rosa - A gente abraça essa luta