Brasileirão registra maior média de público dos últimos 30 anos

É como se, a cada jogo, cerca de 18,3 mil pessoas deixassem suas casas para tomarem os estádios pelo País.

Campeonato Brasileiro de 2018 tem levado público aos estádios como há tempos não se via. A competição marcada pelo equilíbrio na disputa pela liderança e a briga acirrada contra o rebaixamento fechou as 26 primeiras rodadas com a maior média de público nos últimos 30 anos. É como se, a cada jogo, cerca de 18,3 mil pessoas deixassem suas casas para tomarem os estádios pelo País.

O número é significativo por deixar a edição deste Brasileiro com uma presença de torcida comparável à década de 1980, a era de ouro das casas cheias. Naquela década partidas em estádios como Morumbi e Maracanã reuniam mais de cem mil pessoas. O campeonato de média mais alta foi o de 1983, com 22,9 mil torcedores por jogo.

O índice elevado de público nesta temporada se explica por vários fatores. O principal deles é ter em 2018 uma concorrência maior pelo título, situação diferente da vivida em 2017, por exemplo, quando o Corinthians disparou na liderança.

O diretor da consultoria CSM Golden Goal, Danyel Braga, estudou durante oito meses os 13,6 mil jogos das edições do Brasileiro desde 1971 para identificar as razões que motivam o público a ir aos estádios. Aponta que, além do equilíbrio nas primeiras posições, é importante ter clubes de peso na disputa.

“Quem briga pelo título são times de grande torcida, e isso contribui para os números melhorarem. Há também o peso do Flamengo. Como tem a maior torcida, isso causa um efeito positivo, mesmo quando joga fora de casa”, explicou.

O aumento na bilheteria do Brasileiro também se beneficia de novidades implantadas nos últimos anos. As partidas marcadas as manhãs de domingo se consolidaram como atrativos para o público, assim como os estádios novos. “As arenas construídas para a Copa de 2014 costumam ser ainda um fator positivo para os torcedores, por serem novas e confortáveis”, explicou Braga.

Flamengo e São Paulo polarizam os recordes de presença de torcida neste Brasileiro. Os 15 maiores públicos da competição são de partidas em que um deles estava envolvido. Pesa a favor, claro, o estádio onde ambos mandam seus jogos. Maracanã e Morumbi podem receber mais de 60 mil torcedores.

O jogo de maior público foi entre Fluminense e Flamengo, em Brasília, em junho. Estiveram presentes 59,9 mil pessoas.

ESTRATÉGIA

Destaque no futebol paulista em relação ao público neste Campeonato Brasileiro, o São Paulo recebeu mais de 40 mil torcedores nos últimos sete jogos em casa. A média do time é de 38,1 mil por partida, atrás apenas do Flamengo, com 46,2 mil.

O São Paulo atribui o sucesso com o público a fatores como um estudo realizado sobre a bilheteria da equipe nos últimos cinco anos. Em vez de fixar um preço para o ingresso, o clube considerou melhor adotar a chamada “precificação dinâmica”.

“A metodologia estipula preços a partir de variáveis envolvidas nos eventos, com o objetivo de levar em conta as particularidades de cada jogo e garantir o equilíbrio entre preços justos para o torcedor e reforço em receita”, explicou o São Paulo, por meio de nota.

JIU JITSU FERNANDO MEIRA